Ir para o site...

CURSO DE TEOLOGIA GRÁTIS COM CERTIFICADO GRÁTIS

O que é A Doutrina da Expiação

Capa

O estudo da verdade redentiva é muito importante, tendo a ver com o destino eterno da alma do homem; por causa de sua importância, tanto para a glória de Deus quanto para a esperança do homem, esse assunto há muito é alvo dos esforços malignos de Satanás, com o resultado de que é muitas vezes enfeitado com idéias carnais e errôneas. Em nenhuma parte da verdade redentiva tal fato é mais relevante do que com relação à expiação. A expiação de Cristo é há muito um assunto de interesse intenso nas fileiras cristãs, e é assim que tem de ser, pois ao lidar com a obra redentiva de Cristo, o destino eterno da alma depende de entendermos corretamente essa questão. Esse é um assunto complexo e é fácil omitir um de seus importantes aspectos ou se confundir com teorias e raciocínio humano. Bem se disse que:
A expiação é um grande assunto com muitos lados. Pode-se abordá-la a partir de muitos ângulos. É fácil ser parcial e incompleto ao lidar com o material do Novo Testamento. Deve-se tomar cuidado para que se incluam todos os aspectos vitais do assunto. — E. Y. Mullins, The Christian Religion In Its Doctrinal Expression (A Religião Cristã em Sua Expressão Doutrinária), p. 311. Judson Press, Philadelphia, 1932.
Talvez uma coisa que tenha levado a mais teorias errôneas acerca da expiação do que qualquer outra coisa é uma perspectiva falha sobre o pecado; pois não dá para se entender de modo correto a expiação sem que se tenha uma perspectiva correta sobre o pecado. Enquanto uma pessoa tiver uma opinião fraca sobre o pecado, sua opinião acerca da expiação de Cristo será de modo correspondente fraca e falha. Se o homem jamais tivesse pecado, não haveria necessidade alguma de uma expiação de espécie alguma; por outro lado, se a queda do homem não lhe fez mais mal do que uma ferida superficial no joelho ou uma unha encravada, espiritualmente falando, então é claro, a expiação necessária para consertar esse prejuízo naturalmente não seria muito importante. O Dr. J. M. Pendleton diz:
Se o pecado não tivesse existido, não teria havido nenhuma expiação. Se não tivesse havido expiação, saberíamos bem menos de todos atributos divinos do que sabemos hoje, e conseqüentemente muito menos do caráter divino. Assim parece que a existência do pecado, a coisa abominável que Deus odeia, foi de tal forma anulada a ponto de dar ao universo perspectivas mais sublimes e abrangentes da perfeição de Deus. Essa é a maravilha das maravilhas. — Christian Doctrines (Doutrinas Cristãs), p. 237. American Baptist Publication Society, Phila¬delphia, 1878.

CURSO DE TEOLOGIA GRÁTIS COM CERTIFICADO TAMBÉM GRÁTIS - lIGUE: 1141716380

Nossas Redes Sociais

Em breve começaremos a postar conteúdo em nossas redes sociais. Siga-nos e aguarde.

Atenção! Estamos em FASE DE TESTE, algumas funcionalidades ainda estão sendo desenvolvidas e as disciplinas ainda estão sendo organizadas e divididas em lições e aulas. Se você quiser nos ajudar, clique aqui (ou se tiver whatsapp, clique aqui) e envie o seu feedback sobre como podemos construir o melhor curso de Teologia GRATUITO do Brasil. Obrigado!